_17/11

Por dentro do Arkhi-Arquiteto - ABRAVIDRO




Como divulgado anteriormente aqui no BABlog, realizaremos semanalmente entrevistas com as entidades responsáveis por alguns dos principais materiais (Alumínio, Vidro, PVC, Concreto e Aço) utilizados por profissionais das áreas de Arquitetura e Urbanismo, Design de Interiores e Engenharia em seus projetos. O Arkhi-Arquiteto tem o objetivo de formar profissionais que entendam tudo sobre estes 5 materiais essenciais.

Quem rouba a cena esta vez é a ABRAVIDRO - Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidro Plano, representada por seu presidente, Wilson José Farhat Júnior. A ABRAVIDRO surgiu em 1990, quando era chamada de Andiv. Somente em 2008 ela assumiu o nome atual.

logotipo_abravidro

Qual é a produção e consumo atual, no mercado da construção, do vidro?
A produção e o consumo de vidros planos no Brasil têm aumentado substancialmente, mas ainda há muito a crescer. Enquanto o consumo per capita de vidro plano em nosso País é de 5 kg , em algumas localidades européias esse número chega a 15kg. Apenas de vidro float (liso), temos seis unidades produtoras, totalizando mais de 4 mil ton/dia. Somam-se também duas unidades produtivas de vidro impresso (texturizado) e o volume de vidro importado, principalmente do México e da Ásia.

Qual a importância da participação da ABRAVIDRO em uma iniciativa como esta?
O vidro é um material nobre, que transmite inovação aos projetos de arquitetura. Desde sua fundação, a Abravidro tem trabalhado para que o vidro seja utilizado de forma adequada e segura. Dentro desse prisma, nosso objetivo é que o profissional formado pelo Arkhi-Arquiteto seja capaz de explorar todos os atributos do produto. Muito mais que um material transparente fechador de vãos, quando corretamente aplicado, o vidro pode proporcionar versatilidade estética, conforto térmico, acústico e segurança às edificações, aumentando substancialmente o conforto dos usuários. Do lado do aluno, esse conhecimento facilmente irá diferenciá-lo no mercado.

Em sua opinião, o que as empresas esperam encontrar em um Profissional de Arquitetura e Urbanismo em inicio de carreira?
As empresas vidreiras se ressentem que os profissionais de arquitetura desconhecem o vidro, pois em geral o currículo da graduação não inclui essa formação. Infelizmente, essa realidade dá espaço para que o produto não seja explorado em todas as suas possibilidades, restringindo a aplicação do vidro ao básico essencial e privando os usuários de mais conforto e segurança. A Abravidro ressalta que está aberta a auxiliar os arquitetos na especificação de projetos, principalmente esclarecendo sobre o conteúdo das normas técnicas vidreiras.

Qual a importância deste curso para alunos que estão ingressando no mercado de trabalho?
Como dissemos, são poucos os profissionais que conhecem o vidro a fundo, portanto, aqueles que tiverem bagagem técnica para especificá-lo certamente irão se destacar e se diferenciar no mercado. O Arkhi-Arquiteto é uma oportunidade única, pois esse é o primeiro curso acadêmico com foco em nosso produto.

Por que é importante ter conhecimento sobre diversos tipos de materiais na hora de desenvolver um projeto?
Quem conhece tecnicamente as características e possibilidades de cada material pode definir com muito mais propriedade o material a ser utilizado em cada parte do projeto, propondo o melhor custo x benefício ao cliente e proporcionando maior segurança ao usuário.

O curso está atendendo as suas expectativas?
Com certeza. Por ser a primeira iniciativa, a Abravidro, ao lado das demais entidades parceiras, já está discutindo os ajustes a serem feitos na próxima turma, mas certamente o resultado é extremamente positivo, principalmente pelo ineditismo do trabalho.

Qual contribuição a ABRAVIDRO pode oferecer para as próximas turmas?
A Abravidro irá permanecer proporcionando as melhores experiências vidreiras para os alunos do Arkhi-Arquiteto: estudos de casos sobre aplicações avançadas do produto no Brasil e no mundo, distribuição de amostras sobre todos os produtos estudados, visita à fábrica de vidro e recebimento mensal da revista O Vidroplano no endereço indicado por cada aluno, para que possam acompanhar os movimentos do mercado.
Nossa principal mensagem é que a estrutura técnica da Abravidro está à disposição, além de estarmos sempre muito atentos às novas demandas dos estudantes.

wilson_belasartes

Wilson José Farhat Júnior
Presidente da Abravidro


asdaustgduhagsd

  1. JOse Luis disse:

    Que buen nivel de blog la verdad que tiene muy buen diseño y buena informacion, es un placer, un abrazo.-

  2. [...] Cimento Portland, representada pelo Eng. Hugo Rodrigues. Anteriormente tivemos a participação da ABRAVIDRO, Inst. do PVC e da ABCEM. 1) Qual é a produção e consumo atual, no mercado da construção, do [...]