Comunicação Integrada Global: o case Unisys (agência Advice)

Postado em

Comunicação Integrada é mais que uma disciplina, é uma mentalidade orientada para a compreensão de que o discurso da marca deve ser articulado de tal maneira que os diversos públicos, por meio das diversas ferramentas, ações e estratégias de comunicação, sejam alcançados sem que os valores e a reputação da marca sofram qualquer distorção.

Após serem municiados por definições teóricas e cases pontuais pela professora Cíntia Dal Bello, que ministra essa disciplina, os alunos do 5º semestre em Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Belas Artes período matutino tiveram o imenso prazer de conhecer o case Unisys, apresentado por Fernanda Dabori (presidente e diretora de atendimento da Advice) e Maria Eduarda Amorim (executiva de contas da Advice). O encontro ocorreu em 4 de abril.

A Advice, agência de comunicação estratégica que atua há 12 anos, atende a Unisys, empresa global de tecnologia da informação focada em desenvolvimento de sistemas de integração da informação e cibersegurança. A Unisys tem 145 anos e está diretamente presente no Brasil há 94. Na América Latina, são mais de 3000 funcionários. Por sua presença global, o grande desafio, hoje coordenado pela Advice, é a integração de sua Comunicação Institucional. Protocolos, rotinas e templates, além de muita atenção para as especificidades e demandas locais, fazem parte da atuação dos players envolvidos, com vistas a unificar a comunicação e engajar os públicos-alvo de cada país.

Mesmo em sua Comunicação Mercadológica, a Unisys não utiliza a ferramenta propaganda, preferindo atuar prioritariamente com eventos, assessoria de imprensa e branding content. As mídias “ganha’ (espontânea) e “própria” (canais, páginas, perfis em redes sociais digitais) são, portanto, mais trabalhadas que a mídia “paga”. Dentre os cases apresentados, todos muito significativos para que os alunos aprofundassem sua noção sobre a importância da Comunicação Integrada e as soluções pensadas e implementadas para que jornalistas, especialistas e formadores de opinião na área de tecnologia sejam alcançados, Fernanda apresentou uma interessante estratégia: o uso do espaço iFly para a divulgação dos resultados da Pesquisa Unisys Security Index – 2018 para os jornalistas convidados. A experiência envolveu a passagem pelo túnel de ar para treinamento técnico de paraquedistas.

A Unisys também está atenta à participação das mulheres no mercado de tecnologia e aproveitou o mês de março para compartilhar histórias de sucesso de suas colaboradoras como forma de incentivar mais mulheres a desenvolverem carreira na área de TI.

Fechando o bate-papo, Fernanda falou sobre o Hackathon Unisys-Mauá, que neste ano abordará o tema “Making Smart Cities Safer” e receberá inscrições de alunos de Comunicação também. “Percebemos que os projetos desenvolvidos pelos alunos das áreas de Engenharia e Tecnologia da Informação carecem da dimensão comunicacional, que ajuda a apresentar e vender o conceito por trás da proposta. Por isso, neste ano, as equipes participantes poderão ser multidisciplinares, com alunos de Administração e Comunicação, por exemplo”. Para mais informações a respeito do Hackathon, deixamos aqui o link!


 

 

Cintia Dal Bello

Cintia Dal Bello

Cíntia Dal Bello é doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, com especializações em Marketing e Comunicação (pela Cásper Líbero) e Cultura e Meios de Comunicação (pela PUC-SP). Como publicitária, acumula experiências em criação publicitária, planejamento de comunicação e marketing escolar. Sua pesquisa versa sobre cibercultura, subjetividade, identidade, tele-existência e imaginário tecnológico. Atualmente, estuda os temas arquetípicos da psicologia profunda para compreender as dimensões da imagem e do imaginário nos processos criativos.

No Comments

Deixe seu comentário...

* campos obrigatórios