Arte em SP: de Aleijadinho ao Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – Artes Belas Artes

Postado em


Colaboração: Thais Gruenfeld (1º semestre PP).

A arte está sempre em volta de nós, alunos da Belas Artes, seja nos corredores da faculdade ou em nossa própria casa. Por isso, é importante que os alunos mantenham-se sempre em contato com atividades culturais e artísticas. Há alguns lugares em São Paulo que são ótimas oportunidades para ver um pouco de arte.

Para os amantes de fotografia, há o Maio Fotografia, que acontece no MIS, de terça à sábado até 17 de junho. Também acontecem por lá vários eventos paralelos, em dias específicos, que foram divulgados no site oficial do MIS. Confira aqui!

Já aqueles que procuram por alguma coisa mais interativa, uma boa oportunidade é o File Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), que trata da tecnologia e da arte no mundo digital. Por conta da grande demanda (é grátis), é necessário agendar com antecedência. O File estará disponível até 04/06. Mais informações, clique aqui.

Na categoria exposições interativas, ainda existe uma outra opção muito boa, que é a exposição Oscar Oiwa no Paraíso – Desenhando o efêmero, que exibe uma instalação com um balão no qual o público pode entrar para sentir na pele as obras do artista. Esta exposição se localiza na Japan House da Avenida Paulista, até 3 de junho. Na mesma visita, você pode andar um pouquinho e ir conferir também a nova exposição do MASP, que conta com uma grande quantidade de obras de Maria Auxiliadora e de Aleijadinho, e que ficará aberta até 2 de junho.

Achou pouco tempo para ir em todas? Não se preocupe que em junho e julho tem mais! Acabou de ser inaugurada a exposição Ismael Nery: feminino e masculino, que mostra nus, retratos, danças e muito mais. E essa ficará aberta até 16 de julho, então reserve um dia das suas férias para ir lá!

Lembrando que São Paulo é uma cidade muito grande, então além desses eventos há muitos outros lugares que você pode conhecer! E não esqueçam de que há arte para ver dentro da Belas Artes também!

Cintia Dal Bello

Cintia Dal Bello

Cíntia Dal Bello é doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, com especializações em Marketing e Comunicação (pela Cásper Líbero) e Cultura e Meios de Comunicação (pela PUC-SP). Como publicitária, acumula experiências em criação publicitária, planejamento de comunicação e marketing escolar. Sua pesquisa versa sobre cibercultura, subjetividade, identidade, tele-existência e imaginário tecnológico. Atualmente, estuda os temas arquetípicos da psicologia profunda para compreender as dimensões da imagem e do imaginário nos processos criativos.

No Comments

Deixe seu comentário...

* campos obrigatórios