Belas Artes: as atividades acadêmicas continuam

Blog da Reitoria nº 433, de 30 de março de 2020.

Por Prof. Paulo Cardim

“Ensinar exige rigorosidade metódica” (Paulo Freire)

“Avaliar também” (Paulo Cardim)

A Belas Artes estará completando, em setembro, o seu 95º aniversário de fundação. Em 25 de setembro de 1925, Pedro Augusto Gomes Cardim fundava, nesta capital, a Academia de Bellas Artes de São Paulo. O nosso ancestral criou uma pioneira escola de artes em São Paulo. Seus descendentes, com apoio em equipes competentes, deram continuidade e consolidaram o seu sonho, hoje, Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Nesses 95 anos de funcionamento, o time Belas Artes enfrentou e superou inúmeros obstáculos, consolidando-se como uma instituição de ensino superior com o mais elevado conceito de qualidade: 5, certificado pelo Ministério da Educação, em sua avaliação in loco mais recente.

O coronavírus ou Covid-19 surpreendeu o mundo todo. Uma pandemia de efeitos ainda não integralmente conhecidos. As IES foram atropeladas com problemas no ensino presencial, em virtude das determinações da Organização Mundial de Saúde e dos ministérios da Saúde e da Educação. Um desafio gigantesco para manter os estudantes em processo de aprendizagem contínuo, sem a presença deles em salas de aulas e outros ambientes de aprendizagem.

Suspendemos, de imediato, as atividades acadêmicas, a fim de preservar a saúde de nossa comunidade acadêmica. O time Belas Artes começou a agir. A Superintendente Acadêmica, Profa. Dra. Josiane M. de Freitas Tonelotto, emite o primeiro comunicado em 13 deste mês. Comunica à comunidade acadêmica que as aulas presenciais estão suspensas, entre 13 e 22 deste mês, a fim de evitar a aglomeração de alunos, indispensável, naquele momento, para estancar a transmissão do Covid-19 entre os membros de nossa comunidade. Mantém, contudo, as demais atividades, colocando a biblioteca e alguns laboratórios à disposição dos estudantes. Em seu segundo comunicado, comenta a decisão tomada pela Reitoria, esclarecendo os motivos da suspensão temporária das aulas presenciais.

Criamos a Comissão Preventiva/COVID-19 para estudar e apresentar as medidas a serem tomadas, considerando as alterações no cenário nacional e as determinações das autoridades de saúde pública, sobretudo do Estado de São Paulo. A Comissão reuniu-se diariamente na busca de uma solução mais avançada do que a simples condução dos estudantes a estudos independentes e a distribuição de apostilas, vídeos e livros em meio digital. Atuou para encontrar as saídas, a fim de não interromper o processo de aprendizagem de seus alunos. Manteve a sua equipe em atividades, na busca do melhor e mais eficiente e eficaz caminho para que o processo de aprendizagem continuasse normalmente.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, edita, então, a Portaria nº 343, de 17 de março corrente, que dispõe sobre “a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus – COVID-19”. Esse ato abriu caminho para que o time Belas Artes elaborasse metodologias de aprendizagem remotas, com o uso das tecnologias digitais da informação e comunicação.

A Professora Josiane emite o terceiro comunicado, com a retomada às aulas em meio remoto, revelando o show de competência dos professores para a construção dessa modalidade de aprendizagem, enquanto permanecer as restrições determinadas pelo Ministério da Saúde sobre os problemas relacionados ao Covid-19.

Em documento enviado à Comunidade Febaspiana, a Comissão CONVID-19 criou a disciplina InovaBA, um instrumento de apoio aos nossos professores, com o slogan “Vamos aprender juntos!!!”. A disciplina dirime dúvidas quanto as ferramentas tecnológicas que estaremos utilizando doravante e para ter conhecimento de todas as ações de apoio que a Superintendência Acadêmica da Belas Artes criou para este fim, tais como: Tutoriais, Anjos, Dicas de apoio online, Textos de apoio, Apresentações, Comunicação e FAQ. Essa iniciativa possibilitou que o novo processo de aprendizagem fosse assimilado e colocado em prática por todos os professores, com o apoio dos gestores acadêmicos.

Para a retomada às aulas, no dia 23, houve uma grande mobilização na nossa instituição, que envolveu 100% dos nossos gestores, professores e funcionários.

A Professora Josiane e sua equipe fizeram a capacitação final do corpo docente em uma sala virtual, que pode ser acessada a qualquer momento. É ainda uma sala de suporte, de comunicação de problemas, soluções e de dúvidas a esclarecer. Ficará sempre aberta de 7:30h até as 22h diariamente.

Estivemos e continuamos absolutamente atentos ao comportamento desta epidemia na nossa cidade e no nosso país, bem como estamos acompanhando, momento a momento, os comunicados do governo Federal, do governo Estadual e do Ministério da Educação. Todos possuem uma posição unânime de que o formato mais adequado para a continuidade do ensino em nosso país é por meio de aulas on-line, oferecendo um conteúdo digital e evitando, desta forma, novas vias de contato e disseminação deste novo vírus.

Estamos voltando à normalidade, graças à competência do time Belas Artes, à frente a nossa Superintende Acadêmica, a Professora Josiane. As aulas continuam, agora em meio remoto, cumprindo-se o trabalho acadêmico efetivo e submissos aos duzentos dias letivos, nos termos do art. 47 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, a lei de diretrizes e bases da educação nacional (LDB).

Patrícia Cardim, Diretora-Geral do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, em seu Instagram, escreveu:

Nada poderia encerrar nossas atividades. Nossa responsabilidade é zelar pela segurança de todos, mas também combater o desânimo do isolamento social. Como bem disse nossa Superintendente Acadêmica, Prof Jô, “São os vínculos que mantêm nossa estabilidade emocional e nossa saúde, física e mental…”, por este vínculo inquebrantável que nosso #TimeBelasArtes permanecerá conectado, estudando, trabalhando e juntos sairemos deste momento com novos aprendizados e mais unidos ainda.

O pedacinho de aula do vídeo representa nossos professores que em uma semana refizeram planos de aula e metodologia. Este é o expert, lendário e grandioso Prof. Pinatti.

Para zelar a saúde de tantos docentes notáveis estamos todos em casa, e eles estão dando um show adaptando completamente a maneira de lecionar, sem perder de foco o aluno, bem maior de quem trabalha com educação.

Obrigada time acadêmico.

Obrigada Profa. Jô, Pró-Reitores, Coordenadores, Assessores e Anjos! Foi emocionante acompanhar pílulas de aulas e a animação dos discentes conectados.

Endossamos integralmente as palavras de nossa Diretora Geral, ao tempo em que desejamos aos nossos educandos pleno êxito no processo remoto de aprendizagem, com o time Belas Artes à disposição para resolver qualquer problema surgido nessa nova etapa educacional do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Vamos superar essa fase, vencer os obstáculos e criar novos caminhos para a aprendizagem.

“É mais fácil governar um povo culto, cioso de suas prerrogativas e direitos, que tem nítida a compreensão de seus deveres, que um povo ignaro, indócil, sem iniciativa e inimigo do progresso”.

“O papel da instrução é preparar e formar homens capazes e úteis à sociedade; o papel do governo é fornecer meios fáceis de se adquirir a instrução, disseminando escolas e patrocinando iniciativas boas confiadas à competência e ao amor de quem promove   tão nobilitante tarefa”.

Prof. Carlos Alberto Gomes Cardim

Diretor da Escola Normal Caetano de Campos

Educador e Inspetor de Alunos, 1909

Irmão do fundador do

Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Pedro Augusto Gomes Cardim.

Post to Twitter Post to Plurk Post to Yahoo Buzz Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz Post to LinkedIn