Design Automotivo

  • carga horária: 420
  • semestres: 3
  • início das aulas: a definir
  • período: a definir
  • investimento (2015/1) a definir

Apresentação

O projeto pedagógico da Pós-Graduação Lato Sensu do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo escolhe seus fundamentos e princípios a partir de valores históricos, construídos ao longo de 80 anos pela FEBASP, no contexto das áreas educacionais e culturais da cidade de São Paulo.

A relação dinâmica entre Ensino, Pesquisa e Extensão em cadeias interinfluentes constitui a política institucional do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e fundamenta sua estrutura organizacional e regimental.

O Curso

As tecnologias comunicacionais ocupam um papel central nas mudanças experimentadas em todos os aspectos da vida social contemporânea. Elas participam cada vez mais de processos de relacionamentos e de tomadas de decisão que envolvem o mundo governamental, empresarial, da sociedade civil, de grupos sociais e de comunidades, constituindo assim mais uma ferramenta para a construção de laços sociais, bem como do fortalecimento de processos democráticos e da cidadania.

Na internet, as redes sociais são redes de comunicação que reúnem linguagem simbólica, as fronteiras culturais e as relações de poder, pois instituem diferentes formas de organização social, na medida em que rompem com os tradicionais modelos de estratificação e hierarquias sociais. Elas têm se firmado como um espaço colaborativo de aprendizagem e formação, de troca de informação e negócios, se estabelecendo, também, como novo estatuto mediador de relações culturais, econômicas, políticas e de trabalho.

No século 20, a indústria automotiva desempenhou papel fundamental no desenvolvimento da economia mundial. O impacto dos seus produtos no meio social desencadeou a quebra de vários padrões sociais, contribuindo para o desenvolvimento industrial e tecnológico de muitos países. Culturas e a geografia social foram alteradas, assim como o meio ambiente sofreu forte impacto.

No Brasil, não foi diferente, com a chegada da indústria automobilística na década de 50, ocorreu uma grande transformação, principalmente no aumento do Produto Interno Bruto, que no ano de 2000 participou com 10,2 %.

Segundo dados da Anfavea, de 1994 até o ano 2000 foram investidos 13,8 bilhões de dólares em novas fábricas de veículos.

Deve-se acrescentar a isto os investimentos de 11,2 bilhões de dólares, feitos na indústria de autopeças, e que somados elevaram este valor para 25 bilhões de dólares, que em termos de produção significa algo em torno de 4 milhões de veículos por ano.

Com a inserção do país no mercado globalizado, tivemos a ocorrência de investimentos internacionais, atraídos pelas potencialidades de uma nação jovem, com grandes extensões territoriais, apresentando um campo fértil para o crescimento das exportações automotivas. No Brasil estão instaladas 25 grandes OEMs- Original Equipment Manufacturers, vindas de todos os continentes e seduzidas pelas potencialidades de crescimento. Estes esforços fizeram da nação um forte polo exportador de produtos automotivos.

A configuração Geopolítica do Brasil transformou o sistema rodoviário de transporte de passageiros em sistema predominante, assumindo importância estratégica.

Dados Estatísticos Relativos aos Serviços de Transporte Rodoviário Interestadual e Internacional de Passageiros oferecidos pela ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, mostram que em 2007 foram transportados mais de 131 milhões de passageiros, percorrendo aproximadamente 1,4 bilhão de quilômetros e realizadas quase 4,3 milhões de viagens.

Em face deste crescimento, desenvolveu-se no Brasil uma forte indústria construtora destes equipamentos e implementos rodoviários, incluindo os chamados “encarroçadores”, montadores de chassis, fabricantes de motores e sistemistas especializados, que transformaram o país em um dos maiores produtores mundiais neste tipo de produto.

Observou-se ainda que os sistemas construtivos estagnaram durante estes anos de desenvolvimento, embora possam apresentar pequenas variações de forma, são – na maioria das vezes - construídas sob os mesmos critérios. O produto automotivo tornou-se atualmente inadequado para a realidade do planeta. Para resolver este problema se faz necessário estabelecer um novo paradigma para o produto.

Os consumidores nos países com tecnologia mais avançada estão cobrando, produtos limpos, politicamente corretos, leves, movidos por energia renovável, econômicos e baratos.

Os designers, engenheiros e projetistas automotivos, se veem à frente de um novo e grande desafio: transformar o produto automotivo em um objeto de transporte individual, coletivo ou de carga, que atenda aos novos requisitos da sociedade pós- moderna.

A palavra de ordem é: Criar e produzir estes novos paradigmas do transporte rodoviário.

Neste sentido o Curso de Especialização em Design de Transporte (Automotivo), pretende formar profissionais com competência para intervir nesta realidade.

O Estado de São Paulo, contexto no qual estamos inseridos, aparece como um dos maiores polos produtores automotivos e com uma população já aculturada à realidade das tecnologias de ponta.

O objetivo é preparar o profissional para o setor automotivo, fazendo uso de modernos recursos tecnológicos, e para atuar dentro dos novos paradigmas da Produção Industrial como a Lean Manufacturing, a Qualidade Total, Kanban, Kaizem, e Just in Time.

Programa

O curso tem duração de 360 horas divididas em dois módulos de 150 horas e 60 horas destinadas para a elaboração de monografia. Considerando todas as atividades podemos estimar um prazo de 18 meses para a conclusão do curso.

Objetivo

O curso de Design Automotivo (Mobilidade Rodoviária) do Centro Universitário Belas Artes, tem como objetivo formar profissionais que atendam ao desafio de romper com o atual modelo do setor automotivo, alargando os horizontes da competitividade brasileira no mercado globalizado. Este desafio associa criatividade, domínio das técnicas de planejamento e desenvolvimento de novos produtos, bem como espírito crítico para a implantação de um novo padrão do produto para transporte. O setor automotivo, entendido como um grande impulsionador da economia, trabalha como uma cadeia produtiva que se estende da produção até a comercialização de produtos e serviços inerentes aos produtos finais, razão pela qual apresenta-se como um dos mais importantes geradores de riqueza para uma nação.

Público

Graduados em Design (Produto, Gráfico, Embalagens, entre outros), Engenharia Automobilística e Mecânica, Arquitetos.

Coordenador

Prof. Marcelo Kammer
Especialista em Design de Produto pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, Marcelo possui experiência na área de Desenho Industrial, com ênfase em Desenvolvimento de protótipos, atuando principalmente nas seguintes áreas: ensino superior, design industrial, inovação e gestão de design.

Corpo docente

  • Prof. Esp. Alessandro Eloi Câmara
  • Prof. Dr. Leônidas Hildebrand Junior
  • Prof. Esp. Marcelo Cordeiro
  • Prof. Sandro Ferraz

Metodologia

Criar, inovar conceitos e produzir novos paradigmas. Neste sentido se concentra o Curso Design Automobilístico: Novos Paradigmas para a Mobilidade pretende formar profissionais com competência para intervir na realidade.

Sistema de avaliação

A avaliação de cada disciplina é composta 50% por trabalhos práticos realizados em sala de aula e 50% por meio de uma prova de avaliação final de conhecimentos adquiridos. A prova deverá ser realizada sempre individualmente e sem consulta, em um tempo mínimo de 60 minutos e máximo de 90 minutos. Ela deverá ser aplicada, pelo(a) próprio(a) professor(a), na segunda parte do último encontro da disciplina. A média mínima para aprovação é 7,0 (sete).

Matriz curricular

  • Balanço Energético para Propulsão Veicular - 60 horas
  • Computação Gráfica CAD Aplicada ao Design Automotivo - 60 horas
  • Metodologia de Projeto Automotivo - 60 horas
  • Metodologia do Trabalho Científico e Gestão do Design ( Projeto de Graduação) - 60 horas
  • Orientação para o Trabalho Final
  • Representação e Expressão Tridimensional – Oficina de Maquetes e Modelação Automotiva - 60 horas
  • Representação Gráfica Automotiva: Hand made sketching & renderings, Geometria Descritiva Aplicada, Estética e História do Design Automotivo - 60 horas

Processo Seletivo

A seleção é constituída das seguintes etapas:

  • Envio on-line, pelo candidato, da ficha de inscrição e documentos.
  • Análise do currículo e da ficha de inscrição (em alguns casos serão realizadas entrevistas).
  • Aos candidatos aprovados serão solicitados documentos complementares para efetivação de matrícula

Matrícula

Para efetivar a matrícula, além do preenchimento do formulário on-line, o candidato deverá apresentar, na secretaria da Pós-Graduação, os seguintes documentos:

  • 1 cópia autenticada do Diploma de Graduação. Caso o candidato tenha concluído a Graduação recentemente (máximo de 1 ano) e ainda não possua o diploma, serão aceitos temporariamente Certificado de Conclusão e Histórico Escolar (Graduação) mediante assinatura de um Termo de Compromisso, no qual ele assegura a posterior entrega do Diploma. Para candidatos com formação no exterior, é necessário que o diploma esteja revalidado por uma universidade pública.
  • 1 Cópia autenticada da Certidão de Nascimento; se casado(a), a Certidão de Casamento
  • 1 Cópia autenticada do RG (a CNH não substitui o RG)
  • 1 cópia simples do CPF
  • 1 Foto 3x4
  • 1 cópia do comprovante de residência

Obs.: as cópias devem ser autenticadas ou podem ser simples desde que sejam apresentados os originais.