Exposição Histórias Afro-Atlânticas – até 21/10 no MASP

Postado em

Colaboração: Mariana Mesquita (2º JO, monitora do Criar+)

A exposição Histórias Afro-Atlânticas, apresentada pelo Masp em parceria com o Instituto Tomie Ohtake, vai até o dia 21 de outubro.

São no total, 450 trabalhos de 214 artistas do Brasil e do mundo. No Masp, a exposição ocorrerá no primeiro andar e nos dois subsolos, assim como as grandes salas expositivas do Instituto Tomie Ohtake. São desenhos, pinturas, esculturas, filmes, vídeos, instalações, fotografias e documentos.

Para completar a exposição representando os continentes, o Masp e o Tomie Ohtake contaram com importantes empréstimos de grandes coleções particulares e instituições renomadas no mundo inteiro.

A mostra está dividida em oito núcleos. Seis deles estão no Masp: “Mapas e Margens”, “Rotas e Transes” (Áfricas, Jamaica, Bahia), “Cotidianos”, “Ritos e Ritmos”, “Retratos” e “Modernismos Afro-atlânticos”. E dois no Instituto Tomie Ohtake: “Resistências” e “Emancipações e Ativismos”.

Cintia Dal Bello

Cintia Dal Bello

Cíntia Dal Bello é doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, com especializações em Marketing e Comunicação (pela Cásper Líbero) e Cultura e Meios de Comunicação (pela PUC-SP). Como publicitária, acumula experiências em criação publicitária, planejamento de comunicação e marketing escolar. Sua pesquisa versa sobre cibercultura, subjetividade, identidade, tele-existência e imaginário tecnológico. Libriana, mãe de três filhos, amante da música, das artes e da vida.

No Comments

Deixe seu comentário...

* campos obrigatórios