_3/10

Diz Aí! Com o designer Ross




flickr_bob

O Ross é um grande amigo com um trabalho incrivel! Ele é designer, grafiteiro e programador visual. Além de ser um cara sensacional para conversar.

Dêem uma olhada no flickr dele e conheça melhor seus trabalhos: http://www.flickr.com/photos/rossdsgn/.

1. Em qual colégio você se formou? E como foi fazer o curso técnico de desenho?

Me formei no colégio Carlos de Campos também conhecido como KK em 1989. Foi muito legal fazer o curso, muitas coisa que aprendi lá uso até hoje! O KK me ensinou mais do que técnicas de desenho, o KK me deu um conhecimento de vida que nenhum outro lugar poderia ter me dado. Costumo dizer que o colégio era a internet de nossa época, muitas vezes você passava em um canto do colégio e lá estava um cara com um gravadorzinho K7 rolando um som que vc jamais iria ouvir numa radio ou lendo uma revista, um livro… Tudo isso influenciou muito minha vida e minha carreira.

2. Qual foi seu primeiro trabalho desenhando? Antes de desenhar você
trabalho com outra coisa?

Meu primeiro trabalho com desenho foi em 1988 em uma empresa que prestava serviços para Wolkswagem e Ford, fazendo desenhos mecânicos para manual de instrução. Não existia o autocad então tudo era feito com aquelas réguas de elipse e caneta nanquin, muito técnico mas muito chato. Nunca trabalhei em outra coisa, aliás não sei fazer outra coisa.

3. Como foi começar a trabalhar em confecção? O que você fazia quando
começou a trabalhar nelas?

Foi uma mudança muito grande! Até então eu não fazia idéia do que era o mundo da moda, com seus personagens e tudo mais, mas com o tempo consegui me adaptar numa boa. Um designer dentro de uma confecção faz de tudo, depende muito, mas no geral eu fazia estampas, etiquetas, vitrines e campanhas.

samba-009

4. Alguma vez você pensou que podia não dar certo trabalhar com desenho?

Todos os dias hehe. Vivemos no Brasil e a realidade aqui é outra. Estamos evoluindo mas ainda tem muita gente que acha que quem desenha não tem mais o que fazer.

5. Pra você qual foi seu melhor trabalho? E por que?

Os graffitis que fiz no KK e no espaço Doutrina. No KK por ser a nossa volta ao colégio depois de 20 anos, como palestrantes e grafitando uma parede com a participação dos alunos e no espaço Doutrina por dividir as paredes com uma galera talentosa e inteligente.

6. Você além de tudo é grafiteiro desde 1988, como você começou no
grafitti? O grafitti agregou muito ao seu trabalho nas confecções?

Comecei ajudando o Tatoo a fazer um batman em um dos corredores da escola ….depois fizemos o muro inteiro do colégio com mais alguns amigos e continuei por aí. Sem dúvida, o graffiti deu um estilo próprio ao meu trabalho que vem sendo meu diferencial até hoje.

dsc08301

7. Com tudo que você já fez, você chegou a fazer faculdade? Deu tempo
ir pra faculdade estudar?

Comecei a fazer Mackenzie, mas desisti no quarto mês. Além de não ter grana pra pagar a mensalidade, o primeiro ano do curso era muito básico, praticamente uma introdução as artes e design. Como eu já trabalhava na área a 2 anos e tinha acabado de me formar num curso de 4 anos, achei melhor sair e tentar correr atrás de freelances por aí.

8. Você trabalhou para diversas marcas como Cavalera, Hering, Triton, Zoomp, Zapping, Vicio, Operarock, Harley Davidosn, Marcelo Sommer, Colcci, Bob Store, democrata como foi trabalhar para tantas marcas conhecidas? E com grandes profissionais?

Tive experiências boas e ruins. Algumas vezes as maiores marcas são as que tem as menores cabeças. Sem dúvida conheci grandes profissionais da área, nomes que você nunca ouviu nem vai ouvir falar na grande mídia, mas que tem seus passes disputados a tapa dentro do mercado.

triton-001<

9.Qual a melhor coisa da sua profissão?

Poder fazer o que gosto.

10. E a pior?

Não receber o devido valor pelo seu trabalho.

port_-085<

11.Algum trabalho ou projeto que gostaria de desenvolver?

Gostaria de restaurar um carro antigo.

12. Quais são suas fontes de inspiração para desenvolver seus trabalhos?

Um trabalho comercial tem sempre um briefing pra seguir, então você não tem muita liberdade pra pirar. Já nos meus trabalhos pessoais a inspiração vem de tudo que vi, vivi, ouvi, senti
em qualquer época da minha vida….uma música, um filme…qualquer coisa….é pessoal mesmo, pq ele tem que me agradar acima de tudo.

13. Tem algum projeto, trabalho ou exposição que você esteja
desenvolvendo ou participando no momento?

Estou participando de uma exposição de reproduções de capas de disco de heavy metal dos anos 80 e pretendo fazer uma exposição solo de stencil graffiti até o final do ano. Também estou montando uma associação de designers e grafiteiros e tentando colocar minha marca de t-shirts no mercado.

ahd_012a

doutrina_cheech-02

Compartilhe este post:
  • Print
  • Twitter
  • email
  • Add to favorites
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • StumbleUpon

asdaustgduhagsd

  1. Felipe disse:

    Sempre admirei essas pessoas que usam a arte para um movimento cultural e popular. Não fica apenas no classico e no erudito. Ótimos desenhos! Grande artista.

  2. Wander Veroni disse:

    Olá! Realmente ele é um excelente artistas e, acima de tudo, tem personalidade e estilo. Se não me engano, acho que já li uma entrevista dele para outro blog.

    Abraço

  3. O trabalho dele é genial!!!!!!

  4. Giullianne disse:

    Adorei!
    Tambem fiz curso tecnico de design e conheço muito bem o KK, adorei a entrevista e o blog.
    Vou entrar no flickr e adicionar aos meu amigos.

  5. Blogueira disse:

    Queria ter o dom que essas pessoas tem.
    Infelizmente o nosso país não dá o devido valor a alguns artisas.
    Sucesso com o blog.
    Te Cuida!BOM FIM DE SEMANA PRA TI!

  6. Cássio Lacerda disse:

    Opa KK na veia!!!!!!!!!!
    Desenho de comunicação 1997/1998/1999 e hoje Design Gráfico na BA

  7. David Aragon disse:

    Valeu pela dica, vou conferir se o cara é bom mesmo. Grande final de semana para vc!

    CHINFRAS e TALS

  8. lenin disse:

    BACANA SEU BLOG, PRA QUEM GOSTA DO TEMA, É UM PRATO CHEIO!

  9. J.C. David disse:

    Muito legal sua obra, é um psicodélico meio realista, bem interessante. Parabéns por divulgar.

  10. Vinicius disse:

    Legal o blog!!

  11. Raphael disse:

    Que bacana! Eu queria saber fazer igual, mas no momento só sei fazer carros de fórmula 1.

  12. Querido amigo avassalador…
    Amei a figura com marley.. estã muito bonito o colorido etc… Sucesso ao designer, pois talento ele tem!

  13. Super Sapo disse:

    Show ele cara… Parabens pelo belo blog…
    De uma olhada no meu ok…

  14. Nooossaaaa

    que massterr!

    Eu tenho um amigo grafiteiro também, mass os trabalhos do seu amigo sãoo liindos de mais *-*

    Beijos

  15. Pow o cara é bom mesmo…

    Sucesso e mta prosperidade pra ele, pq talento ele tem…

    Abraçosssssss

  16. [...] visita o blog e viu a entrevista que fiz com o designer Ross (clique aqui, caso não tenha lido) , sem dúvida viu a menção que ele faz ao Ricardo Tatoo, proprietário da [...]